Como ter uma vida normal sendo louca (por que a gente é assim?)

Confesso que já tinha visto a capa desse livro diversas vezes, mas não tinha parado pra ler nada a respeito. Quando ele foi lançado foi uma febre e lembro que vi em vários sites, mas sabe quando você ignora uma coisa porque acha que é modinha?

Pois então. Daí que outro dia tava andando pela rua e vi o “Como ter uma vida normal sendo louca” na prateleira de um sebo. Como ia fazer uma viagem e queria algo pra me distrair, resolvi dar uma chance e eis que me diverti muito mais do que esperava.

IMG_1057Por que? Porque esse livro dá dicas extremamente bizarras, mas igualmente engraçadas pra 30 situações que TODA menina/mulher já passou/vai passar/ou já viu a amiga passando.

Coisas do tipo:

  • Querer parecer mais magra.
  • Superar um fora.
  • Querer parecer mais inteligente do que é.
  • Viver depois de ser taggeada em uma foto feia.
  • Stalkear a ex do namorado.
  • Se virar quando encontra alguém justamente no dia em que saiu de casa desarrumada.

E aí eu fiquei pensando o quanto essas coisas são, de fato, tão bestas e a gente gasta uma energia enorme com elas, nos preocupando com coisas que as pessoas não dão a mínima, mas a gente acha que o mundo vai acabar por causa delas.

IMG_1066Por que as mulheres são assim né?

  • Ficam preocupadas com o reencontro de 10 anos do ensino médio porque é a oportunidade de mostrar que está melhor do que todos que eram populares na época.
  • Stalkeam tanto a vida da ex do namorado que começam a achar que a ex é melhor do que ela e acredita fielmente que o namorado deve voltar pra fulana.
  • Acreditam em cartomantes só porque elas falam exatamente o que querem ouvir, que é o mesmo que falam para todas as outras 10 mulheres que atendem diariamente.

As autoras, Camila Fremder e Jana Rosa, abusam do humor pra falar desses comportamentos e mostrar que levar as coisas menos a sério e se cobrar menos é o melhor jeito de ser mais feliz e verdadeiramente incrível.

IMG_1058As dicas são extremamente engraçadas:

  • Como se portar em um evento de moda: arrume um amigo e finja que ele é seu assessor. Ele deve ficar berrando ao telefone assuntos de contratos e comissões.
  • Ao ser taggeada em uma foto feia da adolescência: comente avisando seus falsos amigos que te taggearam que ocorreu um erro, pois naquela época você não morava no Brasil.
  • Como viver acima do peso sem que ninguém repare: pegue carona com algum amigo e esqueça um casaco tamanho PP no carro. As pessoas realmente reparam nisso e ele vai começar a te ver com outros olhos, te achar superpequenininha e delicada.
  • Passou dos 28 e não se encontrou? Tire um ano sabático. Todo mundo tem vontade, mas ninguém tem coragem ou grana, porque um ano sabático é a forma de os ricos ficarem desempregados com glamour.

IMG_1072

  • Como esconder uma tatuagem errada: faça um quadrado preto. Essa é a tatuagem mais atemporal de todas, pois, sempre que questionada, você pode dizer que é um luto pela causa da moda, seja ela homofobia, ataques do PCC, arrastões em restaurantes, etc.
  • Espantando pessoas no avião para que não falem com você: imprima o título “Doenças ginecológicas de A a Z” e cole na capa de um livro.

Se você quer bons motivos para rir de si mesma e de suas amigas, vale muito a pena a leitura! Daquelas que você começa e termina no mesmo dia e fica querendo ler mais!

assinatura

Poderá também gostar de:

Poderá também gostar de:

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz

A menina da Dieta Fashion. Adora inventar uma moda e falar sobre tudo que pega bem! Juizforana, vinte poucos anos, jornalista, empresária e apaixonada pela vida. Acredita no amor e ele está presente em tudo que faz. Como toda leonina, adora um desafio. Sonha voar por todo mundo e viver sempre aprendendo.