Cusco: planejando a viagem e dúvidas frequentes

A cada foto que posto sobre a nossa viagem ao Peru, várias pessoas vem me falar que esse é um destino que gostariam muito de conhecer também. Antes de vir, tinha várias dúvidas e pesquisei bastante, e eu sei que tem um monte de informações por aí, mas resolvi compartilhar aquelas que pra mim foram mais importantes e me chamaram mais atenção.

Cusco 1

Quando ir:

Li em vários lugares que os melhores meses para visitar Cusco são no inverno, quando o tempo é mais seco e estável e que a partir de novembro, as chuvas eram recorrentes. A previsão do tempo para essas semanas eram realmente de chuva. Porém não tínhamos outra opçào de data, viemos assim mesmo e pegamos dias lindos e um clima super agradável com temperaturas entre 10 e 20 graus. Sol de dia e um pouco mais frio a noite.

A alta temporada geralmente acontece em julho, período de férias e seca, consequentemente mais pessoas viajam e os preços ficam mais caros.

Mas acho que, se você, assim como nós só te um período específico de tempo para ir, vá! Não se prenda a essas “regrinhas”. Nada que planejamento e pensamento positivo não resolvam.

Cusco 2

Quanto tempo ficar:

Essa é a questão mais relativa de todas. Eu queria ter tido tempo pra fazer uma viagem de um mês. Queria fazer a trilha Inca (o caminho de Cusco à Machu Picchu à pé) e só essa aventura levaria 5 dias de caminhada (ainda vou voltar pra fazer um dia). Queria ter tido tempo pra prolongar a viagem conhecendo cidades próximas como Arequipa, fazer rafting pelo Rio Urubamba e passear pelo Lago Titicaca. Tem MUITA coisa pra conhecer, gente!

Mas acho que o tempo que ficamos foi suficiente pra conhecer os pontos principais da cidade e região. Ficamos 3 dias em Cusco (sendo um no Vale Sagrado) e dormimos 1 noite em Águas Calientes para depois irmos a Machu Picchu, Totalizando 4 dias por lá (to preparando um post pra falar especificamente sobre tudo que fizemos nesses dias).

foto(1)

Comprando a passagem:

A passagem não é uma das coisas mais baratas, ainda mais esses dias com o Dólar pra lá de caro. Mas sempre tem promoções de voo interessante, então é bom ficar de olho.

A minha dica é comprar passagens com destinos múltiplos. No meu caso, passagens ida e volta para Cusco estavam dando o mesmo preço que a passagem ida para Cusco, Cusco para Lima, e Lima de volta para o Brasil. Além de ser bem mais práticas, ainda te dão a possibilidade de conhecer mais lugares.

Que dinheiro levar:

Acho que levar dinheiro em espécie é melhor do que passar cartão e pagar taxas absurdas pro banco ou então sacar um quantidade rasoável de uma só vez em caixas eletrônicos. Em vários lugares há câmbio, de Dólar e Real para SOLES. No aeroporto é sempre mais caro. E o ideal (como qualquer outra coisa em Cusco) é pechinchar. Você encontra cotações melhores de uma esquina pra outra (mas fique atento a dinheiro falso, ou antigo – o povo costuma dar troco em dólares antigos e depois você não consegue trocar).

DCIM101GOPRO

Onde ficar:

Tem vários hoteis e hostels legais e bem centrais em Cusco, próximos à Praça das Armas. Nós escolhemos o nosso um pouco mais afastado (por causa do barulho e da vida noturna super agitada ali no centro) e com uma vista PERFEITA da cidade (postei essa foto no terraço, onde o café era servido, assim que cheguei nele). Ele fica a uns 5 minutos a pé do centro e é muito bonitinho.

Cusco 4

O que comer:

Acho que quando viajamos, temos que experimentar as comidas típicas do local. Um jeito bem simples são os menus turísticos que alguns restaurantes servem, por preços bem acessíveis. Pagamos 15 soles por uma taça de Pisco Sour (a bebida típica do Peru), uma sopa (ou salada), um prato principal e um suco. Em vários outros lugares o preço de um desses pratos era mais caro que o menu inteiro. Então escolhemos alguns outros restaurantes mais tradicionais para experimentar e esses mais baratinhos pra matar a fome.

Cusco 5

Cusco 6OBS.: Ainda não tivemos coragem de experimentar o Cuy (um porquinho da índia assado) típico aqui no Peru. Se eu criar coragem, mostro pra vocês!

Não deixem de acompanhar tudo pelo Instagram e Snapchat: TalitaScoralick! Segue lá! 🙂

assinatura

Poderá também gostar de:

Poderá também gostar de:

Deixe um comentário

2 Comentários em "Vlog: viagem para o Uruguai, roteiro, passeios e dicas"

Notify of
avatar
Sort by:   newest | oldest | most voted
Luana Mendes
Visitante

Uau, que lindeza!
Se eu já tinha vontade de conhecer o Uruguai antes, agora a vontade só aumentou! haha
Que delícia de lugares, é tão bom viajar, né? 😀

trackback

[…] a gastronomia e seus famosos vinhos. Então fui cheia de expectativa! Já falei um pouquinho sobre nosso roteiro nesse post aqui, agora é hora de falar sobre a comida (e […]

wpDiscuz

A menina da Dieta Fashion. Adora inventar uma moda e falar sobre tudo que pega bem! Juizforana, vinte poucos anos, jornalista, empresária e apaixonada pela vida. Acredita no amor e ele está presente em tudo que faz. Como toda leonina, adora um desafio. Sonha voar por todo mundo e viver sempre aprendendo.