Livro: O poder do hábito

“Toda nossa vida, na medida em que tem forma definida, não é nada além de uma massa de hábitos.”

Fazia tempos que queria ler esse livro, sempre via alguém com ele na mão, esteve entre os mais vendidos na lista do New York Times durante várias semanas e vou assistir uma palestra com o autor em dezembro, então quando comprei assim que pude. Mas confesso que quando li, minhas expectativas foram superadas. Ao contrário do que eu imaginei, ele não é um livro de auto-ajuda, ele não dá nenhuma dica específica sobre como mudar seus hábitos, ou categoriza hábitos como negativos e positivos. Ele simplesmente conta histórias e é isso que nos fascina e nos prende do começo ao fim. São várias histórias, umas comuns e outras extraordinárias, numa narrativa super dinâmica, divertida e que te faz entender como os hábitos regem tudo ao nosso redor.

livro-o-poder-do-habito-1
“A maioria das escolhas que fazemos a cada dia pode parecer fruto de decisões tomadas com bastante consideração, porém não são. 40% das ações que as pessoas realizam todos os dias não são decisões de fato, mas sim, hábitos.”

Segundo ele, os hábitos surgem porque o cérebro está o tempo todo procurando maneiras de poupar esforços. Sem os hábitos, nossos cérebros entrariam em pane, sobrecarregados com tantos detalhes que teríamos que nos atentar e decidir ao longo da nossa vida cotidiana. Então uma rotina é criada, toda vez que uma situação acontece com frequência e o cérebro associa uma deixa e uma recompensa pra cada uma dessas ações. É simples assim!

livro-o-poder-do-habito-2
Baseado em várias pesquisas e testes, o autor, Charles Duhigg conta que os hábitos estão presentes em tudo, na mania de roer as unhas, no vício de beber, nas estruturas organizacionais das empresas e naquela hora do cafezinho durante o expediente. Ele conta, por exemplo, como a Starbucks cresceu tanto e se tornou referência em cafeteria no mundo e como a música Hey Ya dos OutKast se tornaram um verdadeiro sucesso sendo que, assim que foi lançada, ela foi rejeitada por várias vezes na rádio. E a partir daí ele mostra porque algumas empresas são revolucionárias e outras entram em grandes crises.
“Não existem organizações sem hábitos organizacionais. Há apenas lugares onde eles são concebidos deliberadamente e lugares onde são criados sem planejamento.”

livro-o-poder-do-habito-3
Enquanto lia, pensava em milhões de hábitos meus e em situações a minha volta e comecei a mudar pequenas atitudes, que começaram a influenciar vários outros aspectos da minha vida. Mesmo que cada hábito signifique relativamente pouco por si só, eles têm impactos enormes no nosso dia a dia.

“Os hábitos não são tão simples quanto parecem. Tudo o que sabemos sobre os hábitos, através de neurologistas estudando pacientes de amnésia e experts organizacionais reestruturando empresas, é que qualquer um deles pode ser alterado se entendermos como funcionam. Quando você entende que os hábitos podem mudar, você tem a liberdade e a responsabilidade de transformá-los.”

Por isso, esse é um daqueles livros que eu recomendo demais! Faz a gente pensar em várias coisas que fazemos e não nos damos conta, nos ajuda a organizar melhor nossos hábitos e a tentar melhorar, nem que seja um pouquinho, tudo aquilo que a gente faz no dia a dia. 🙂

assinatura

Poderá também gostar de:

Poderá também gostar de:

Deixe um comentário

1 Comentário em "5 coisas que quero fazer nesse Carnaval"

Notify of
avatar
Sort by:   newest | oldest | most voted
trackback

[…] contei pra vocês aqui no blog, em um post com 5 coisas que eu queria fazer nesse Carnaval, o meu feriado foi exatamente como eu tava planejando: sossegado! Passei dias super tranquilos, […]

wpDiscuz

A menina da Dieta Fashion. Adora inventar uma moda e falar sobre tudo que pega bem! Juizforana, vinte poucos anos, jornalista, empresária e apaixonada pela vida. Acredita no amor e ele está presente em tudo que faz. Como toda leonina, adora um desafio. Sonha voar por todo mundo e viver sempre aprendendo.