Minhas experiências de compras em BH: Feira Hippie e Outlet!

Finalmente conheci a tal da “feirinha de domingo” de BH, que, na verdade, é uma feirona a perder de vista! Fiquei assustada com o tamanho, a muvuca, e a diversidade de produtos que se encontra por lá. Tem muuuita coisa: móveis, artigos pra casa, roupas, milhares de bijuterias, cintos, bolsas, enxoval para bebês e por assim vai!
Aviso aos homens que eventualmente possam ler esse blog: em quilômetros de barracas, não vi NADA pra vocês! Dei graças a Deus do noivinho não ter ido comigo!

Uma coisa que me chamou atenção e eu gostei bastante foi a quantidade de produtos de fabricação própria. Ou seja, os próprios feirantes que produziam, nos atendiam e geralmente facilitavam um desconto aqui ou alí. Adoro isso!
Como eu disse, tem de tuudo lá e é meio enlouquecedor: muita gente, sol forte, grande oferta de produtos… Então você precisa de paciência e disposição pra procurar o que você quer. Além daquele nosso amigo indisciplinado chamado “auto-controle”, pra não sair comprando coisas que você não precisa.
Eu fui bem focada em dois dos itens que disse que iria priorizar no último resumo das compras do mês: camisetas e blazers, e acho que consegui bons feitos.

Comprei três camisetas: uma cropped, uma regata e uma t-shirt com estampas bonitinhas e essa camisa de passarinhos que é a coisa marlinda do mundo. Depois disso, vi o blazer exatamente como eu queria: rosa e com um excelente caimento. Tive que me controlar pra não levar um de cada cor pra casa!
Aí foi a vez de passar pelo setor de bijuterias e confesso que foi por lá que quase deixei meu coração e toda as minhas economias. Tinha muuuita coisa linda! Acabei levando esses dois colares: o de pedrarias e correntes e o de crucifixo, que eu quase não gosto.

Pra terminar, quando eu tava indo pra feira, meu noivo falou que eu podia escolher um presente pra ele me dar de presente de Dia dos Namorados, já que ele não tinha tido tempo de preparar ou fazer nada pra mim. Já tinha descartado essa hipótese até ver essa bolsa, branca, a tira colo, exatamente como eu tava querendo há tempos. Então acabei me apropriando da bondade do noivinho e levando ela pra casa.

Quando saímos da feira, minha irmã quis passar na Leroi, uma loja ENORME que tem tudo que se possa imaginar pra decoração de casa. No mesmo local tinha o BH Outlet e, coisa de mineiro do interior, não sabia que na nossa capirtall tinha um local tão bacana de compras de ponta de estoque assim. Me lembrou os outlets que conheci em Orlando.
Tem muita coisa bacana de marca com preços bem camaradas. Minha irmã, por exemplo, achei uma camisa que tinha dado pro marido dias antes pela metade do preço que tinha pago no shopping. A Triton tinha uma loja lá e TODOS os óculos estavam por  R$59,00. Fiquei completamente apaixonada por esse redondinho e minha mãe, com pena da minha cara de “já extrapolei meu limite do mês”, resolveu me dar de presente de aniversário de uma vez (que é só em agosto, mas já tá valendo!)

Ainda bem que só passei um domingo lá, se não meu desafio dos R$100,00 correria sérios perigos! Em breve presto contas sobre ele aqui! 🙂

 Acompanhe também:

Poderá também gostar de:

Deixe um comentário

2 Comentários em "Vlog: viagem para o Uruguai, roteiro, passeios e dicas"

Notify of
avatar
Sort by:   newest | oldest | most voted
Luana Mendes
Visitante

Uau, que lindeza!
Se eu já tinha vontade de conhecer o Uruguai antes, agora a vontade só aumentou! haha
Que delícia de lugares, é tão bom viajar, né? 😀

trackback

[…] a gastronomia e seus famosos vinhos. Então fui cheia de expectativa! Já falei um pouquinho sobre nosso roteiro nesse post aqui, agora é hora de falar sobre a comida (e […]

wpDiscuz

A menina da Dieta Fashion. Adora inventar uma moda e falar sobre tudo que pega bem! Juizforana, vinte poucos anos, jornalista, empresária e apaixonada pela vida. Acredita no amor e ele está presente em tudo que faz. Como toda leonina, adora um desafio. Sonha voar por todo mundo e viver sempre aprendendo.