O que eu aprendi com o desafio #52peças52looks

No início do ano lancei o desafio #52peças52looks aqui no blog. O objetivo era chegar a um guarda-roupa mais enxuto e versátil, com aproximadamente 52 peças (excetuando roupas de baixo, roupas de malhar, vestidos de festa e casacos pesados – ou seja, peças do dia a dia mesmo) e montar looks criativos e diferentes ao longo dessas 52 semanas com todas as possibilidades do armário.

E se tem uma coisa que esse desafio me fez, foi rever TODAS as peças do meu guarda-roupa. Todas mesmo! Passei por uma mudança bem “radical” na forma de me vestir (falei um pouquinho sobre ela nesse post), comecei a identificar necessidades, erros e acertos ao longo do meu dia a dia. Fui me permitindo comprar peças novas, que tinham mais a ver com esse momento e ir substituindo aquelas que eu amava, mas que não faziam mais sentido usar. Aprendi a desapegar mais e a máxima “qualidade é mais importante que quantidade” entrou de vez na minha vida. Então fui aprendendo várias coisas:

gaveta

Investir nos básicos:

Mais do que nunca dei valor a eles. Cansei de ter um monte de blusinhas na gaveta e no final sentir falta da boa e velha camiseta branca. Então esse ano fiz isso: comprei camisetas básicas (sem estampas), de qualidade e neutras pro dia a dia como brancas (sim, mais de uma), preta, azul marinho e cinza. Elas combinam com absolutamente TUDO e quebram muito o galho. E aí minha gaveta de blusas ficou mais vazia, mas muito mais completa.

look-minimalista-2

Adaptar tendências:

Não é porque to buscando um guarda-roupa mais atemporal que não posso me render a uma “tendência”. Primeiro, porque várias delas são adaptáveis ao nosso dia a dia, como mostrei aqui no blog sobre os lenços amarrados no pescoço e as camisetas por baixo dos vestidos de alcinha, é só pegar uma peça velha que você já tem em casa e dar uma cara nova e super cool a ela. Segundo, porque se você gosta verdadeiramente de uma tendência, é só você não correr de primeira atrás dela. Deixa o fogo de palha apagar, veja se você realmente quer e se essa “tendência” vai ter a ver com o seu estilo e guarda-roupa, se realmente vai render várias produções, não só nessa, mas em várias temporadas. Se a resposta for sim, por que não?

look-lenco-2look-camisa-vestido-salto-2

look-paleta-de-cores-azul-vermelho-e-metalizado-6

Repetir sempre que necessário:

Ahhh como eu repeti roupas esse ano. E me senti tão bem! Afinal, não há problema nenhum nisso, muito pelo contrário, quando você começa a se conhecer melhor e entender seu estilo, você começa a acertar mais nas peças e, consequentemente, começa a ter peças que você realmente gosta e que funcionam no seu dia a dia, então passa a usá-las 1, 2, 3, 4 ou infinitas vezes!

1-vestido-3-looksmacaquinho-com-short-copiavestido-listrado

Abusar dos sapatos:

Eles fazem sim toda a diferença num look. Mostrei várias vezes aqui no blog o quanto um simples sapato muda a cara de uma produção inteira. E justamente numa fase mais básica, às vezes basta um sapato legal pra mudar completamente o look. Então esse ano me liguei mais neles. Não que tenha escolhido modelos extravagantes, apesar de ter me rendido a um scarpin vermelho e um oxford metalizado, preferi também sapatos bem versáveis, daqueles que sai estação, entra estação, a gente continua usando.

look-camisa-vestido-dois-jeitos

estilo-hilo-brilho-e-trico-6

Look listas e blazer branco 4Bom, esses foram alguns dos meus aprendizados. Espero que, de verdade, essa saga possa ter inspirado também um pouquinho cada uma de vocês!

E me contem aí, qual o maior aprendizado fashion que vocês tiveram esse ano?

assinatura

Poderá também gostar de:

Poderá também gostar de:

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz

A menina da Dieta Fashion. Adora inventar uma moda e falar sobre tudo que pega bem! Juizforana, vinte poucos anos, jornalista, empresária e apaixonada pela vida. Acredita no amor e ele está presente em tudo que faz. Como toda leonina, adora um desafio. Sonha voar por todo mundo e viver sempre aprendendo.