O que eu aprendi sobre Marketing de relacionamento ou Networking Marketing

Marketing Multinível, networking marketing, marketing de rede ou marketing de relacionamento. Você já deve ter ouvido alguma dessas expressões por aí.

Talvez como eu, tenha ficado com um pé atrás, desconfiado e até com conceitos pré-concebidos sobre tal atividade. Normal, isso acontece com quem, assim como eu, não tinha informações à respeito, se assustava com aquelas mega reuniões em que centenas de pessoas falavam sobre isso e durante muito tempo se recusou a saber mais.

Esse é o tipo de marketing que empresas grandiosas, com atuação em todo o mundo, como a Mary Kay, Herbalife e Amway se encontram. Um tipo de marketing em que as pessoas são remuneradas por fazerem o trabalho de divulgação da marca, por indicarem outras pessoas para fazerem parte do negócio, consumirem e revenderem os produtos. Onde o que importa é a sua rede de contatos e o quanto você se dedica para que mais pessoas conheçam essa oportunidade.

marketing-de-redeBasicamente, o que a gente já faz diariamente com um monte de coisas que gostamos. Se vamos à um bom restaurante indicamos, se gostamos do atendimento de um salão, indicamos e se um produto está em promoção, mais uma vez, indicamos.

Essa é a famosa publicidade boca a boca (que sempre existiu e que vem ganhando cada vez mais força nos últimos anos, não é a toa que os blogs se tornaram o que são: ninguém mais acredita 100% nas publicidades dos veículos tradicionais, as pessoas querem saber a opinião de amigos e outras pessoas ao seu redor). E nada mais justo do que ser remunerado por isso, certo?

Nos EUA esse tipo de negócio é responsável por 30% do PIB do país.

No Brasil, algumas empresas já se destacam nesse segmento e vem gerando renda para milhares de pessoas através desse novo modelo de negócio, como a Hinode (que já apareceu diversas vezes aqui no blog).

Mas é claro, nem tudo são flores. Existem cópias desse modelo que são “pirâmides financeiras”, em que pessoas investem dinheiro, indicam outras pessoas e ficam esperando que esse dinheiro volte para elas. Elas ganham dinheiro de outras pessoas e não das empresas que dizem participar.

O fato é que empresas de marketing multinível de verdade são baseadas em produtos. Se não há o giro de produtos, pessoas consumindo e revendendo, não há sustentabilidade no negócio e ele já era, acaba em poucos meses. Para se certificar sobre a credibilidade dessas empresas, basta verificar a qualidade dos produtos, o seu valor de giro e seus certificados em órgãos nacionais de fiscalização, como a Abeved (Agência Brasileira de Empresas de Vendas Diretas) e a Anvisa. Esse vídeo explica bem o conceito, olha que legal:

No marketing multinível existe total possibilidade de pessoas que entraram depois ganhem mais do que as que entraram antes ou que as próprias pessoas que a indicaram, porque esse tipo de negócio é baseado exclusivamente em desempenho. Se você constrói uma rede de consumidores e revendedores mais forte e sólida, as vendas da empresa vão aumentar e consequentemente você será remunerado pela empresa por isso.

E isso é o mais bacana. Conheço diversos casos de pessoas buscando uma renda extra, sem experiência nenhuma na área, que tiveram um sucesso incrível, se tornaram referência e passaram a ajudar várias outras pessoas a também conseguirem alcançar seus objetivos. Para que as pessoas cresçam, é necessário ajudar outras. Trabalhar de forma justa e consistente.

Com isso, você desenvolve habilidades de gestão, administração e vários outros conhecimentos que são para vida. Além, é claro, de conhecer diversas outras pessoas, compartilhar experiências e ampliar ainda mais sua rede de relacionamento.

Um exemplo? Meu marido! Ele foi funcionário público durante anos e amava a profissão, mas sentia-se incomodado diariamente com a falta de liberdade, as escalas apertadas, o teto salarial, a falta de reconhecimento e as cobranças da sociedade. No Marketing Multinível ele encontrou pessoas dispostas a vê-lo crescer, encontrou aprendizado constante, liberdade para trabalhar quando, onde e com quem quisesse e o reconhecimento de centenas de pessoas que, de alguma forma, foram impactadas pelo seu trabalho.

Não há vagasClaro, ele pode ser uma exceção. Sair da Zona de Conforto é sempre algo doloroso e complicado. Nem sempre as pessoas estão dispostas a tentar algo diferente para mudar sua situação atual. E, como qualquer outra profissão, nem todos tem sucesso, para isso, é necessário se destacar dos demais, se dedicar mais, buscar mais conhecimento e persistir.

Hoje, vejo o Marketing Multinível com outros olhos. Vejo pessoas disciplinadas, focadas, dispostas a aprender. Vejo pessoas verdadeiramente empenhadas com o sucesso das outras e com vontade de ajudar. Vejo um mercado que só cresce e vejo um negócio onde muitas pessoas encontram uma oportunidade de mudarem suas vidas, quebrarem paradigmas e se desenvolverem profissional e, principalmente, pessoalmente. E não há recompensa maior que essa.

assinatura

Poderá também gostar de:

Poderá também gostar de:

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz

A menina da Dieta Fashion. Adora inventar uma moda e falar sobre tudo que pega bem! Juizforana, vinte poucos anos, jornalista, empresária e apaixonada pela vida. Acredita no amor e ele está presente em tudo que faz. Como toda leonina, adora um desafio. Sonha voar por todo mundo e viver sempre aprendendo.