Talita Scoralick » Blog da Talita

Como as coisas realmente mudam…

Pois é… continuando aquele pensamento filosófico sobre como o tempo passa e as coisas se transformam (apesar de achá-lo meio cafona e um pouco nostálgico também), não tive como fujir de outra reflexão…
Estava eu, em uma entre tantas tardes chuvosas de Juiz de Fora, cheretando o orkut dos outros e brincando de msn quando, de repente, recebi um scrap inesperado. Era de uma menina, que estudava no meu antigo colégio, uma série abaixo de mim. Ela dizia que tinha passado no vestibular. Para que curso? Adivinha?! O meu! E sabe o que ela escrevia? Ela pedia para mim dar umas dicas para ela sobre a faculdade e o curso, pois sabe como é né, eu sou caloura burra.
Incrível! Nesse momento tive tipo aqueles flashbacks, regredindo no tempo para um ano atrás. Cara, eu estava na mesma situação que ela! Ou até pior! Acho que cheguei a pedir informações até pro bispo de Belém do Pará (ham?). O fato é que eu simplismente era calouraa!
E é impresionante o que esse estado de ser de uma pessoa que acaba de passar no vestibular faz com a gente. Faz você achar que está com a vida ganha, que você é FODA, que você nem precisa estudar, você já É uma jornalista (no meu caso) e que tudo está ao seu alcance. Você fica extremamente TODA se querendo!
Lembro-me (nossa, como se tivesse passado cinquenta anos), que minha vontade era sair batendo nas empresas de comunicação da cidade e proclamando aos quatro ventos que eu era estudante de jornalismo, e que queria trabalhar lá de graça, só para estar perto dos meus novos colegas de trabalho. Pior é que por pouco não fiz isso!
É de cair o queixo como um calouro acha que tem tudo aos seus pés e que o mundo é cor de rosa (é claro que os calouros machos acham que a vida é cor de azul).
E não estou ridiculariazndo ninguém (até pq estaria ridicularizando a mim mesma, que declarei aqui que a pouco tempo atrás estava nessa mesma situação), mas que é engraçado, isso é.
E é uma situação tão gostosa. Pena que passa tão rápido.
Logo começam as aulas, os professores matam aula (e você começa a matar também), você percebe que tem que correr atrás de tudo, pq ninguem de te dá nada de mão beijada, você começa a gastar todo o seu dinheiro com xerox, os trabalhos vão aumentando, você assiste aulas chatas que nunca pensou que assistiria no curso que escolheu, e chega as benditas provas que fazem você suar frio como quando estava fazendo prova para o vestibular.
E você finalmente percebe que não é mais calouro.
Não é que você se decepciona, pelo contrário, a vida de estudante universitário é muito boa! E não poderia ser melhor sem esses intempérios que dão um toque especial à sua vida.
Mas é que você simplesmente percebe, assim como eu, que as coisas mudam. E como mudam!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...