Talita Scoralick » Blog da Talita

Pra se relacionar melhor: livro As 5 linguagens do amor

A forma como uma pessoa recebe amor, pode ser completamente diferente da forma como outra se sente amada. A infância, personalidade, experiências, relações afetivas e diversas circunstancias podem influenciar nessa percepção tão pessoal. Por isso fiquei super curiosa quando me indicaram esse livro. Ele fala sobre “como expressar um compromisso de amor com a seu cônjuge”, mas  confesso que comprei com o intuito de conhecer e lidar melhor com o ser humano de forma geral e, sinceramente, acho que serve pra qualquer tipo de relacionamento na vida (daqueles livros que todo mundo deve ler).

Livro as 5 linguagens do amor 1Ele foi escrito por Gary Chapman, antropólogo especializado no comportamento e aconselhamento de casais há mais de 30 anos reconhecido como best-seller no New York Times e autor de vários outros livros sobre o relacionamento entre pessoas em diversas escalas.

Segundo ele, há um padrão de comportamento na forma como as pessoas recebem e expressam seus sentimentos: através das palavras, tempo, presentes, atos ou toque. Cada uma delas se sente amada por um desses motivos e essa é a sua linguagem do amor primária. Entender isso é importante para que possamos levar a vida melhor, mais leve e mais feliz. “A necessidade emocional de amor é nossa necessidade emocional mais profunda, quando essa necessidade é atendida, nossa tendência é reagir positivamente”.

Livro as 5 linguagens do amor 2De acordo com o autor, a grande maioria dos relacionamentos (conjugais, amizades, etc) acabam porque um não entendeu qual é a linguagem do amor primária do outro, o que faz com que seus “tanques” fiquem vazios e, literalmente, o fogo (o carinho, o interesse, etc) se apague. Amar é uma escolha, que exige dedicação, paciência e tempo.

Livro as 5 linguagens do amor 3Amar quando as circunstancias estão perfeitas, o outro está em seu melhor momento e disposto a agradá-lo é uma tarefa fáceis. Mas o mesmo se torna difícil quando os padrões de comportamento são diferentes e pra explicar isso, ele usou uma passagem Bíblica que serve bem pra essa situação atual de ódio no mundo:

“Mas eu digo a vocês que estão me ouvindo: amem os seus inimigos, façam o bem aos que te odeiam, abençoem os que os amaldiçoam, orem por aqueles que os maltratam. Como vocês querem que os outros lhes façam, façam também vocês a eles. Que mérito terão, se amarem aos que os amam? Até os pecadores amam aos que os amam.” (Lucas 6.27-28,31-32)

Imagina que louco seria se começássemos a aprender mais sobre as linguagens do amor e amassemos uns aos outros de uma forma mais verdadeira?

assinatura

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seu email nunca será compartilhado. Campos requeridos *

*

*