Um dia

“‘O negócio era ser corajosa e ousada e realizar alguma coisa’, pensou consigo mesma. Não exatamente mudar o mundo, só um pouco à sua volta. Sair por aí com o diploma com honras de primeiro lugar em duas matérias, muita paixão e a nova máquina de escrever elétrica Smith Corona e trabalhar duro em… alguma coisa. Mudar a vida das pessoas através da arte, talvez. Escrever coisas bonitas. Agradar aos amigos, continuar fiel aos próprios princípios, viver plenamente, bem e com paixão. Experimentar coisas novas. Amar e ser amada, se possível. Comer com moderação. Coisas assim.”

“Um dia” de David Nicholls. Essa é a minha indicação de leitura para começo do ano, férias, vésperas de conclusão de faculdade, tempo de mudanças, ou, simplesmente, uma boa leitura.

É um livro deliciosamente doce e envolvente. Diria até um pouco despretencioso, mas com questões muito mais profundas do que se pode imaginar.

Dois jovens que se conhecem na festa de formatura, cheios de planos [ou a falta deles], sonhos e uma vida toda pela frente. Uma história contada em 2O anos, sempre no mesmo dia. Amizade, amor, idas e vindas e o incrível balanço da vida. Uma análise do que fomos e do que poderemos nos tornar.
0 0 vote
Article Rating

Poderá também gostar de:

Subscribe
Notify of
guest
11 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Renata Moreira
Renata Moreira
5 anos atrás

Preciso ler esse livro urgentemente, rsrsr

Camila Kellen
Camila Kellen
5 anos atrás

Que coisa louca essa do supermercado,adorei \o
E ó, 1 centavo faz toda diferença. Tem que ser 14,99
http://www.iamcamilakellen.blogspot.com

Carol Garcia
5 anos atrás

Adorei a indicação literaria Talita. Esses livros de ajuda e tal, de conscientização, parecem bem legais, e quero muito começar a ler livros assim. Quem sabe esse nao seja o primeiro!

Beijao

http://jeitodemulhereolhardemenina.blogspot.com.br/

Lu
Lu
5 anos atrás

Que blog mais lindo flor! Adorei!

Carol Corrales
Carol Corrales
5 anos atrás

Nossa que blog divo Talita, parabéns conquistou uma nova segudora. Adorei o post, pois eu com 16 anos os hormônios de fazer compras estão a mil tudo quero comprar e infelizmente não é tudo que podemos. Adorei mesmo vai me fazer refletir mais na hora de comprar! Beijos muito mais sucesso pra ti!

Pedro Camargo
5 anos atrás

Talita, muito obrigado pela sua recomendação do meu livro. Fico feliz que tenha gostado e que tenha lhe despertado o controle de seus impulsos. Quero dizer que foi uma honra para mim estar no seu blog. Um enorme abraço. Pedro Camargo

Pedro Camargo
Pedro Camargo
5 anos atrás

Talita, muito obrigado pela sua recomendação do meu livro. Fico feliz que tenha gostado e que tenha lhe despertado o controle de seus impulsos. Quero dizer que foi uma honra para mim estar no seu blog. Um enorme abraço. Pedro Camargo

Pedro Camargo
Pedro Camargo
5 anos atrás

Talita, muito obrigado pela sua recomendação do meu livro. Fico feliz que tenha gostado e que tenha lhe despertado o controle de seus impulsos. Quero dizer que foi uma honra para mim estar no seu blog. Um enorme abraço. Pedro Camargo

Nazario de Souza
Nazario de Souza
5 anos atrás

O Pedro Camargo é mestre, ainda vou conhecer esse gênio!!

Anônimo
Anônimo
5 anos atrás

Gostei demais de seu texto.
O modo como você fala de compras, impulso e né
e necessidades reais e imaginárias na aquisição de objetos e roupas me fez parar e analisar a real
o real valor (custo/benefício) da aquisição. Quanto ao livro, pelo que escreveu, achei uma excelente aquisição. Beijos.

trackback

[…] bem grande. São vários os fatores que influenciam essas compras e já falei sobre alguns deles nesse post aqui, sobre o livro “Eu compro sim, a culpa é dos […]

A menina da Dieta Fashion. Adora inventar uma moda e falar sobre tudo que pega bem! Juizforana, vinte poucos anos, jornalista, empresária e apaixonada pela vida. Acredita no amor e ele está presente em tudo que faz. Como toda leonina, adora um desafio. Sonha voar por todo mundo e viver sempre aprendendo.

0 0 vote
Article Rating